Voluntariado

A Pastoral desenvolve e incentiva a Cultura da Solidariedade através de ações que beneficiam creches, hospitais, escolas públicas, asilos e outras entidades. Essas ações solidárias têm o intuito de incentivar a consciência, a responsabilidade social e a cidadania e são reunidas em um grande projeto social, denominado Projeto Solidariedade.

O voluntariado é, portanto, uma oportunidade de transformação do jovem, sob forma de prestação de serviços não remunerados em benefício da comunidade.

O Projeto Solidariedade conta, anualmente, com mais de 400 alunos inscritos, de 8º ano do Ensino Fundamental II ao 3ª ano do Ensino Médio.

Como participar:

Os projetos têm início em março, mas os interessados podem inscrever-se durante todo o ano.  Para participar, basta ser aluno do colégio, de 8º ano a 3ª série do Ensino Médio, e respeitar os limites de idade de cada projeto, impostos pelas entidades beneficiadas, de acordo com o tipo de público atendido (ou necessidade apresentada).

Os pais ou ex-alunos também podem participar como monitores voluntários.

São projetos:

Espaço Primavera

O projeto de monitoria desenvolvido por alunos voluntários, dos 9ºs anos, Ensino Fundamental II, até 3ªs séries do Ensino Médio, acontece junto às crianças do Espaço Primavera.

Os voluntários inscritos orientam crianças do projeto nas tarefas escolares. Além disso, eles fazem todo acompanhamento necessário em atividades culturais, artísticas diárias e na distribuição do lanche.

O Espaço Primavera atende 180 crianças da escola pública Daisy Rollemberg Trefíglio e da Escola Municipal Cyrino Vaz de Lima – Nova Esperança, em parceria com a Prefeitura Municipal de São José do Rio Preto, e funciona dentro do Colégio Santo André, em sede própria.

Agentes da Alegria
Os Agentes da Alegria fazem visita semanal à Rede de Reabilitação Lucy Montoro, anexo ao Hospital da Criança de São José do Rio Preto, onde desenvolvem atividades lúdicas e pedagógicas.
Toda quarta-feira, no período da manhã e tarde, os alunos voluntários se fantasiam para interagirem com os pacientes, através de jogos, bingos, brincadeiras, esculturas de bexiga, músicas e truques de mágica.
Brincar e Apender

O projeto social ‘Brincar e Aprender’ é realizado em duas escolas de Educação Infantil, da rede pública de São José do Rio Preto, que atendem crianças de 4 a 6 anos.

Os alunos voluntários visitam semanalmente as escolas e desenvolvem com as crianças diversas oficinas lúdicas e pedagógicas, tais como: música interativa; pintura facial; rodas de história; brincadeiras, mágicas, jogos e circuito esportivo, atividades de meio ambiente, etc.

Saiba quais são as escolas atendidas:

Escola Municipal de Educação Infantil
“Raio de Sol” (Jd.Costa do Sol) .

Escola de Educação Infantil
Profa. Aparecida Homsi Salles Cunha
(Jardim Antunes).

Aquecer
Este projeto social é uma campanha do agasalho realizada em todos os setores da escola, que incentiva a doação de agasalhos, cobertores, roupas, calçados, etc.
Beneficia a cada ano, diversas instituições da cidade.
Para divulgação e organização, o projeto conta com a colaboração da CARPS (Comissão de Alunos Reunidos pela Solidariedade) além de funcionários, pais e professores.
Re-viver

O projeto social Re-Viver é realizado no Lar São Vicente de Paulo e no ar Esperança, com objetivo de desenvolver a auto-estima dos idosos.

Os alunos voluntários, do 8º ano – Ensino Fundamental II, à 3ª série – Ensino Médio, realizam visitas semanais aos idosos, onde realizam, oficinas de jogos, música, bingo, trabalhos manuais, maquiagem e manicure.

Shares
Share This