Missa de Páscoa

A missa  da Páscoa do Colégio, celebrada pelo Padre Tibério no dia 23/04,  renovou a nossa esperança no mundo de paz, sem guerras, sem violência e sem ódio. Nossa cidade, estado e país precisam de paz. A paz que só Cristo Ressuscitado nos ensina, quando Ele vence a morte para que tenhamos a vida. Disse Jesus “Felizes os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus” (Mt 5,9). Confira as fotos:

Momento de Oração com os alunos dos 6ºs aos 8º anos

REFLEXÃO: COMTEMPLAR AS CRUZES E OS CRUCIFICADOS
O momento de oração proposto e coordenado pela Pastoral do Colégio nos ajudou a olhar para tantas situações de cruzes que existem espalhadas pelo mundo afora.
“Mas Jesus, em sua Morte e Ressurreição quer salvar tanto os que crucificam quanto os que são crucificados. A Salvação que ele traz é para todos, contanto que queiramos receber Dele a Salvação.”

Celebração da Páscoa

Encontros de preparação para a Celebração da Páscoa – FI – CSA/2018

Preparando-nos para celebrar a Páscoa de Jesus, vivenciamos nos momentos de partilha, na roda de conversa, na meditação, na experiência de escuta e leitura de mundo como nossos “sentidos” nos falam das maravilhas de Deus.

Quando olhamos um amigo, aquele que caminha conosco, podemos perceber sua alegria no sorriso, sua tristeza na quietude, sua dor na lágrima… Quando o escutamos e o acolhemos no abraço, tomamos consciência do ir além do encontro, do se fazer também sentir, ao nos colocarmos em seu lugar. Trazendo-o para junto de nós nos permitimos partilhar consigo aquilo que temos: uma conversa, um brinquedo, um pedaço cheiroso do lanche, a brincadeira no pátio do colégio rodeada pelo canto dos passarinhos, o aroma da terra molhada depois da chuva, o perfume das flores e da grama podada. Certamente, a experiência fará com que nos sintamos bem melhores.

Dessa forma, saborearemos de tudo aquilo que nos é dado por Deus com gratuidade. E felicidade é isso: perceber que Deus nos fala através dos sentidos.

Quando treinamos o sentir, quando nos dispomos a perceber o outro, estaremos preparados para celebrar a maior festa cristã: a “Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo”.

Esta é a atividade contemplativa: ver Deus no mundo e o mundo em Deus.

Shalom! Paz!

Professora Tutti Góes de Lima

Celebração da Páscoa

Através da história de um passarinho presente no Calvário, nossos pequenos da Educação Infantil puderam vivenciar a Ressurreição de Jesus Cristo, nosso Salvador!

A Ressurreição de Jesus na visão de um passarinho

Pousado no madeiro da cruz onde estava Jesus, um passarinho presenciou todo seu calvário. Inconformado com tamanha dor, tentava amenizar o sofrimento do nosso Salvador.

— Meu bom Jesus, desejo matar sua sede trazendo-lhe água fresca em meu biquinho…

Mas o pequeno pássaro, por mais esforço que fizesse, não conseguiu…

— Querido Jesus, quero tirar sua dor abanando minhas asinhas com bastante força…

A intenção era boa, mas os machucados eram muitos e ele não conseguiu…

— Jesus, meu amigo, quero enxugar suas lágrimas com meu carinho de passarinho…

A tristeza era grande demais…  Novamente a tentativa falhou e ele não conseguiu…

— Amado Jesus, quero levá-lo para bem longe dessa gente má…

Mas o pássaro era tão pequenino… Impossível tirá-lo dali …

Em meio a tanto sofrimento, Jesus olhou para o passarinho e sorriu porque percebeu a grandeza e a bondade de seu coração. Então sussurrou:

— Vai passar…

Quando Jesus deu o último suspiro, houve um grande tremor de terra e a luz do sol se apagou. Quem estava por perto de Jesus saiu correndo de medo. Os que não acreditavam que Ele era o Filho de Deus, passaram a acreditar. E o passarinho, triste e frustrado, voou para longe.

No domingo de Páscoa, sabendo que Jesus havia ressuscitado, o passarinho decidiu voltar ao Calvário e lá encontrou um presente maravilhoso! Na cruz vazia havia um canteiro de margaridas brancas. Um grande coração, igualmente branco, sustentava pequenos girassóis amarelos em seu contorno. Maravilhoso!!!

Jesus deixou o presente para o passarinho como se fosse um recadinho:

— Deixo para você, bondoso passarinho, um canteiro de belas flores. Aqui poderá fazer seu ninho e se alimentar de suas sementes e doce mel. O coração branco representa a paz que desejo a você. Shalom!

Texto: Professora Tutti Góes de Lima